Falhas nas redes de telecom são duramente criticadas

As falhas nas redes das operadoras de telecomunicações foi duramente criticada durante o 5º Fórum de Tecnologia, Informação e Comunicação, realizado nesta segunda-feira, 27, em Brasília. De acordo com publicação distribuída durante o evento, a Previdência Social tem convivido com falhas de grande vulto nas redes das operadoras.
Para Luís Antônio Najan, gerente do Departamento de Redes de Telecomunicações da Dataprev, companhia de tecnologia da informação da Previdência Social, o serviço que as operadoras oferecem é precário. Ele critica o fato de não darem explicações convincentes sobre as interrupções na comunicação.
Na opinião de Najan, as operadoras deveriam investir em infraestrutura, "mas isso parece não interessar a elas, porque não se importam em pagar multas pelas falhas, uma vez que têm seguro para cobri-las".

Notícias relacionadas
Ele lembrou que o maior problema de interrupção ocorreu em julho de 2008 com a rede da Telefônica no estado de São Paulo. Durante dois dias e meio, 199 agências ficaram fora do ar. Najan ressalta, no entanto, que os problemas são mais sérios na região Norte. Najan citou a falha ocorrida na rede da Telecom, outra operadora que presta serviços à Previdência, em abril do ano passado, quando agências dos estados do Acre, Mato Grosso e Roraima ficaram paradas durante uma hora. Com informações da Agência Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.