Ligações para o Centro de Valorização da Vida passarão a ser gratuitas

Foto: kaboompics.com/Pexels.com

As ligações para o Centro de Valorização da Vida (CVV), organização que presta atendimento voluntário de apoio emocional e de prevenção ao suicídio, passarão a ser gratuitas. É o que prevê o ato assinado nesta terça-feira, 27, pela Anatel. O novo atendimento, que será pelo número 188, entra em serviço em 180 dias.

A criação da Linha da Vida é resultado de convênio entre o Ministério da Saúde e o CVV para o atendimento. A Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério contatou a Anatel em busca de um número de utilidade pública de emergência para suporte à política de redução dos índices de suicídio.

No processo de criação do serviço foi realizada experiência piloto no Rio Grande do Sul, quando se detectou alto impacto no perfil dos atendimentos realizados pelo CVV devido à gratuidade das ligações. Os atendimentos praticamente triplicaram: de 3,6 mil por mês para 9,2 mil. E as chamadas, que antes eram 70% originadas de telefones fixos, passaram a ser 90% de aparelhos móveis. Além disso, o tempo médio de atendimento se manteve em torno de 20 minutos, o que demonstra que a gratuidade do 188 não resultou em aumento de ligações indevidas.

O 188 substituirá o 141 em todos os municípios onde os serviço de prevenção ao suicídio é prestado. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de um milhão de pessoas morrem todo ano vítimas de suicídio no mundo, sendo que essa é uma das três principais causas de morte de pessoas na faixa de 15 a 44 anos.

A desativação do número 141, atual código do CVV, deverá ocorrer em até 180 dias a partir da data de publicação do ato da Anatel. Após a desativação, os usuários que ligarem para o 141 terão por 90 dias as chamadas interceptadas e receberão uma mensagem orientando a discagem para o 188. Durante o período de interceptação, as ligações para o 141, que custam até R$ 0,70, não serão cobradas (uma vez que não serão completadas).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.