Justiça proíbe venda de Galaxy Tab 10.1 nos Estados Unidos

A Apple venceu na terça-feira, 26, nova batalha judicial contra a Samsung, resultado de um longo processo no qual acusa a fabricante sul-coreana de quebrar patentes do iPad. A juíza Lucy Koh, da Corte Distrital do Noroeste da Califórnia, emitiu ordem judicial que proíbe as vendas do tablet Galaxy Tab 10.1 nos Estados Unidos. A informação é do jornal britânico Financial Times.

Notícias relacionadas
Em dezembro, a juíza havia rejeitado um pedido semelhante da Apple, mas voltou atrás em sua decisão após a Corte Federal de Apelações ter solicitado que reconsiderasse a liminar. “Embora a Samsung tenha o direito de competir, ela não tem o direito de fazer concorrência desleal, inundando o mercado com produtos infratores", afirmou Lucy Koh.

De acordo com a publicação, a decisão não afetará a segunda geração do aparelho, lançada em maio passado. A proibição da venda nos EUA é um revés para a Samsung, que recentemente ganhou uma decisão em um tribunal holandês envolvendo a disputa de patentes com a Apple.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.