Governo brasileiro pretende explorar terras raras

O governo brasileiro estuda acelerar a mineração de terras raras, disse o ministro da Ciência e Tecnologia Aloísio Mercadante, na tarde desta segunda-feira 27.
Durante almoço com empresários, em São Paulo, o ministro afirmou que o País tem olhado "com lupa" para as reservas brasileiras do material, utilizado na fabricação de telas e componentes de tablets, computadores e celulares. "Vamos fazer um esforço muito grande neste sentido, porque temos grandes fontes deste recurso", disse.
Segundo Mercadante, a exploração de terras raras no Brasil declinou nas últimas décadas por conta da inviabilidade econômica da mineração do produto.

Notícias relacionadas
Entretanto, o aumento da atenção brasileira à questão das terras raras vem num momento em que a China aumenta as restrições para importação do produto — o país asiático detém mais de 90% da produção mundial do material.
Segundo o ministro, a produção nacional de terras raras pode ajudar no objetivos do Brasil, em meio ao empenho do governo para atrair fabricantes internacionais de tablets, telas LCD e lâmpadas de LED, para o País.
ZTE
Nesta segunda-feira, 27, o comando mundial da chinesa ZTE afirmou que a empresa investirá US$ 250 milhões no Brasil até 2014, na produção de tablets. Os primeiros aparelhos devem sair a partir de agosto e os celulares ficarão prontos a partir de setembro. A fábrica da empresa será em Hortolândia, interior de São Paulo. Segundo a empresa a meta é fabricar num primeiro momento cem mil tablets por mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.