TIM revê estratégia e inicia autenticação automática para offload em hotspots Wi-Fi

A TIM reestruturou sua estratégia de instalação de hotspots Wi-Fi. O objetivo, em 2012, era concluir o ano com 10 mil hotspots Wi-Fi em operação, incluindo infraestruturas de parceiros. Mas isso foi repensado, conforme revelou o diretor de redes fixas e de transportes da TIM Brasil, Cícero Olivieri, em entrevista a este noticiário. "A gente redirecionou projetos escolhendo áreas de maior concentração de demanda, onde havia maior probabilidade de congestionamento da rede para que os clientes tenham melhor percepção de qualidade", conta Olivieri.

Agora, em vez de trabalhar com parceiros, a TIM optou por usar as redes óticas da TIM Fiber nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo para ligar não apenas as estações radiobase (ERBs) da rede móvel 3G e 4G, mas também os hotspots Wi-Fi em pontos de alta demanda."Um exemplo é a implantacao de hotspots na região dos Jardins (em São Paulo), onde há muitos restaurantes. A ideia é que nossa rede Wi-Fi outdoor seja efetivamente complementar à capacidade da rede móvel", explica.

EAP

Desde a semana passada, o tráfego de clientes TIM das capitais fluminense e paulista já começou a ser direcionado automaticamente para a rede fixa da operadora nos hotspots Wi-Fi, isto é, dispensando a necessidade de login. "iPhones e smartphones da Samsung que têm a tecnologia EAP (Extensible Authentication Protocol) já estão sendo autenticados automaticamente. Os hotspots Wi-Fi identificam que são clientes TIM e imediatamente toda a navegação passa a ser escoada para rede fixa", diz. "O objetivo primordial dos hotspots é fazer o offload e melhorar a qualidade do acesso. Como o objetivo é trabalhar a experiência efetiva dos clientes, estamos focando o lançamento e a expansão da rede em São Paulo e no Rio, junto com a cobertura da TIM Fiber, onde temos capacidade de deployment rápido. A partir do ano que vem, expandiremos a estratégia para outras cidades", revela Olivieri.

Claro que pontos estratégicos, mesmo fora do eixo Rio-São Paulo, não ficaram de lado: segundo Olivieri, a TIM já concluiu a instalação de todos os hotspots Wi-Fi para aeroportos e estádios de futebol da Copa das Confederações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.