Apps Android geraram mais receita que iOS em 2014

O mercado de conteúdo móvel se acostumou a acreditar que o iOS gera mais receita que o Android para os desenvolvedores. Essa afirmativa é confirmada por analistas de diversas empresas de renome, como App Annie e Flurry. Porém, ela é verdadeira quando consideradas apenas as lojas de aplicativo oficiais Google Play e App Store. Quando computadas as lojas de aplicativos Android existentes no mercado chinês, como aquelas da Baidu, da Tencent e da Qihoo 360, o Android ganha não apenas em volume mas, desde o ano passado, também supera o iOS em receita. É o que o afirma a consultoria Digi-Capital, em relatório divulgado nesta segunda-feira, 27. De acordo com a empresa.

O mercado chinês de lojas de aplicativos Android responde por aproximadamente dois terços do total de downloads do mundo. Quando acrescentada a Google Play, o sistema operacional do Google corresponde a mais de 80% do total.
O usuário de iOS, entretanto, continua sendo muito mais valioso que aquele de Android. Ou seja, o gasto per capita com apps móveis é muito maior em iPhones do que em smartphones Android. A Digi-Capital criou um indexador para correlacionar a receita gerada por uma loja de aplicativos e a quantidade de downloads por ela contabilizados. A receita e o volume de downloads da App Store são usados como referência. Desta forma, chegou-a à conclusão que a Google Play precisaria de 2,5 vezes o volume de downloads da App Store para gerar a mesma receita da concorrente. E as lojas chinesas, por sua vez, precisariam registrar um volume oito vezes maior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.