Apple vende 61,2 milhões de iPhones no primeiro tri

A Apple vendeu 61,2 milhões de iPhones no seu segundo trimestre fiscal, encerrado no dia 28 de março deste ano, o que praticamente equivale ao primeiro trimestre tradicional. Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve crescimento de 40% em volume e de 55% em receita com o produto. O principal fator é a demanda por parte da classe média em países emergentes, como os BRICs, com destaque para a China, disse o presidente da Apple, Tim Cook, em teleconferência com analistas nesta segunda-feira, 27.

Notícias relacionadas
Em alguns países, como Coreia do Sul e Cingapura, o volume de iPhones vendidos mais que dobrou em um ano. Em outros, como Turquia, México e Alemanha, aumentou mais de 80%. Nos grupo dos BRICs, a receita com o iPhone aumentou 64% em um ano. Segundo Cook, há uma quantidade maior de gente trocando de Android para iOS do que a empresa verificou em lançamentos anteriores do iPhone, assim como um crescimento na quantidade de compradores que escolhem o telefone da Apple como seu primeiro smartphone.

O volume do primeiro trimestre, contudo, é menor que aquele registrado no último trimestre do ano passado, quando aconteceu o lançamento dos novos iPhones 6 e 6 Plus. Naquele período, a empresa vendeu 74,5 milhões de unidades. É natural haver uma queda do quarto para o primeiro trimestre não apenas por conta da diminuição da procura passado o lançamento mas também porque o quarto trimestre conta com as vendas de Natal.

Balanço

A receita da Apple no primeiro trimestre de 2015 cresceu 27% na comparação com o mesmo período do ano passado, alcançando US$ 58 bilhões. E o lucro líquido da empresa cresceu 33% no mesmo intervalo, atingindo US$ 13,57 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.