Telefônica anuncia desligamento do Vivo TV por MMDS

A Telefônica/Vivo anunciou na noite de terça-feira, 26, a desativação do serviço Vivo TV com a tecnologia MMDS em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. A decisão é em decorrência da determinação da Anatel para a limpeza do espectro de 2,5 GHz, que será utilizado para a telefonia móvel de quarta geração (4G). A plataforma de TV por assinatura da operadora continuará funcionando normalmente com as tecnologias DTH, cabo e fibra (IPTV).

No início de março a Anatel emitiu decisão cautelar que obriga as operadoras que hoje ocupam a faixa de 2,5 GHz a liberarem o espectro que será utilizado pelas operadoras de 4G nas cidades-sede da Copa das Confederações até o dia 12 de abril. A companhia já iniciou o processo de desligamento do MMDS no Rio de Janeiro neste mês de março.

Em comunicado à imprensa, a Telefônica diz que está esclarecendo os clientes sobre o processo. Os consumidores terão direito a um mês (até o dia 31 de maio) de serviços gratuitos com pacote de "canais abertos e obrigatórios já constantes da programação atualmente recebida pelos assinantes" para dar tempo de migrarem para um novo provedor de TV por assinatura.

Quem não se interessar terá os canais desativados automaticamente no dia 1º de junho, sem nenhum ônus financeiro. É possível ligar para a central de relacionamento para pedir a retirada dos equipamentos ou esperar até o dia 1º de junho, quando a companhia começará a procurar os usuários para agendar a retirada.

"A operadora enviará a fatura de abril aos clientes referente ao pacote atual de serviços, com cobrança proporcional limitada até 25 de abril (pró-rata)", diz o comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.