Cade aprova fusão Disney/Fox com restrições

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, em sessão de julgamento desta quarta, 27, a aquisição da Twenty-First Century Fox pela The Walt Disney Company, condicionada à venda do canal Fox Sports, entre outras medidas negociadas em um Acordo em Controle de Concentrações (ACC).

Conforme adiantou este noticiário, o Cade entendeu que a fusão dos negócios das empresas gera preocupações concorrenciais no mercado de canais esportivos de TV por assinatura – que incluem ESPN (da Disney) e Fox Sports (da Fox). Conforme parecer do órgão, há barreiras significativas à entrada de novos players e não se vislumbra a entrada, no curto ou médio prazo, de um novo agente que possa representar efetiva concorrência no mercado de canais esportivos básicos para TV por assinatura. Hoje, considerou o Cade, há apenas um concorrente de peso em termos de audiência. Além de ESPN e Fox Sports, o line-up das operadoras contam com os canais SporTV e Bandsports no segmento esportivo, uma vez que a Turner tirou o Esporte Interativo do ar como canal dedicado, levando seus direitos esportivos para os canais genéricos.

A venda do canal Fox Sports tem como objetivo permitir que a estrutura do mercado permaneça com a mesma pressão competitiva anterior à fusão, com a continuidade de três opções de canais de esportes para os consumidores no Brasil: SporTV (da GloboSat), ESPN e mais uma nova empresa com os ativos da Fox Sports.

O pacote a ser vendido inclui todos os direitos de transmissão de eventos esportivos pertencentes à Fox Sports, todos os contratos com operadoras de TV por assinatura, funcionários-chave, imóveis e equipamentos de transmissão. O prazo para que a Disney realize a venda é confidencial. Pelo acordo firmado, a Disney se compromete ainda, por prazo determinado, a não contratar as ligas esportivas transmitidas atualmente pelo canal Fox Sports e a não readquirir os ativos a serem vendidos. Também se compromete a oferecer ao futuro comprador a opção de licenciar gratuitamente a marca Fox.

Notícia da Bloomberg veiculada na última semana apontou que a Disney já teria encontrado interessados na compra do Fox Sports, que deve ser vendido também em outras operações da America Latina, notadamente, o México.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.