Empresas beneficiadas com desoneração de folha pagarão mais

O governo aumentou o percentual das alíquotas cobradas das empresas beneficiadas com a desoneração da folha de pagamentos. Este é o principal teor da Medida Provisória 669, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 27. O objetivo é reduzir as perdas com a desoneração, hoje em torno de R$ 21 bilhões.

Notícias relacionadas
De acordo com o texto, os setores que pagam 1% sobre a receita bruta – em vez do imposto sobre a folha de salários – passarão a recolher 2,5%. As empresas que atualmente recolhem ao INSS 2% terão alíquota aumentada para 4,5%. Os novos valores passarão a vigorar a partir de junho.

Empresas de call center, de TI, TIC e design houses, por exemplo, terão suas alíquotas aumentadas para 4,5%. Enquanto fabricantes de materiais para escritórios e suporte técnico de informática terão o percentual sobre o faturamento bruto elevado para 2,5%.

Veja aqui os setores beneficiados com a desoneração da folha de pagamentos e a lista completa de todos os setores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.