MCTI reconhece cabos da Furukawa como produto nacional

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) reconheceu duas linhas de cabos óticos Furukawa como bens de informática desenvolvidos no Brasil nos moldes da Portaria 950. São elas as de cabos secos e anti-roedores, que somadas têm 93 modelos de produtos.

A decisão foi publicada por meio de uma portaria do MCTI nesta quarta-feira 27, no Diário Oficial da União (DOU) e, a partir de agora, estes produtos passam a ter o direito a constar no percentual mínimo de produtos nacionais exigidos para construção de redes dentro do programa REPNBL.

Na próxima semana a empresa fará o anúncio do aumento de sua capacidade produtiva, justamente para atender à demanda por infraestrutura no País. Paralelamente a isto, a empresa vai inaugurar a fabricação de cabos OPGW, capazes de atuar como para-raio e também trafegar dados por meio de fibras óticas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.