PT disputa internamente presidência da CCTCI

O alívio do PT por conseguir vencer a disputa com o PSDB pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) durou pouco. Algumas horas depois do nome de Walter Pinheiro (PT/BA) começar a ser divulgado pela liderança do partido e do governo como o escolhido para presidir a comissão temática, o PT se viu frente a uma inesperada disputa interna. O deputado Jorge Bittar (PT/RJ) reclamou a presidência em seu nome, abrindo um novo impasse na sucessão do grupo.
A iniciativa de Bittar não pegou apenas o partido de surpresa. Na tarde desta quarta-feira, o ex-presidente da comissão, deputado Júlio Semeghini (PSDB/SP), chegou a comentar a este noticiário a escolha de Pinheiro, tida como certa até o momento. ?Pinheiro é um deputado que todos nós respeitamos e que tem acompanhado o dia-a-dia desta comissão ativamente. Não significa, portanto, nenhuma ruptura com o que vínhamos fazendo e certamente a comissão continuará colhendo os frutos deste trabalho em conjunto?, afirmou o parlamentar.
Mais tarde, Semeghini esclareceu que havia sido informado sobre a escolha pelo próprio Pinheiro. Depois teve informações que Bittar também estava na disputa e concluiu que a questão não estava resolvida ainda.

Notícias relacionadas

Reunião

A solução do impasse pode surgir logo. Desde o final da tarde desta quarta, 27, o PT está reunido em uma das comissões da Câmara tentando ajustar os interesses dos dois parlamentares. Até o fechamento desta edição, os deputados não haviam chegado a uma definição.
A expectativa de parlamentares ouvidos por este noticiário é que o nome seja fechado até esta quinta, 28, apesar de haver tempo para alongar a discussão durante a semana. Isso porque a presidência da Câmara definiu a próxima terça-feira, 4, como o dia para a eleição oficial e posse dos deputados nas comissões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.