Reino Unido adia leilão de espectro 5G para março

Foto: Pixabay / Pexels

Até então previsto para o final de janeiro, o leilão de espectro 5G no Reino Unido foi adiado para março por conta da evolução da pandemia de covid-19 no país, onde uma nova variante com maior potencial de contágio foi descoberta. O anúncio foi realizado pela Ofcom, reguladora de comunicações britânica.

O certame agora marcado para o fim do trimestre disponibilizará espectro em 700 MHz e entre 3,6 GHz e 3,8 GHz (a banda C). As novas frequências devem representar uma alta de 18% frente a capacidade hoje alocada ao mercado.

"Ao longo de nosso planejamento para o leilão, monitoramos de perto a situação do coronavírus", afirmou a Ofcom, em breve comunicado onde anunciou a mudança. "Após uma pausa no processo, planejamos agora que a fase principal do leilão (início da licitação) tenha início em março de 2021. Continuaremos acompanhando a evolução [da pandemia]".

Ao site Mobile Live World, um representante da operadora BT classificou a alteração como "desapontador" e solicitou que a Ofcom evite novos adiamentos. O debate em torno do leilão 5G do Reino Unido tem sido conturbado, inclusive por conta de restrições a fornecedores como a Huawei e teorias da conspiração envolvendo a tecnologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.