MCom discute parceria com BB para expansão de programa de WiFi em praças

O Ministério das Comunicações fará parceria com o Banco do Brasil para expandir o programa Wi-Fi Brasil, que oferece pontos de acesso sem fio em praças públicas utilizando capacidade do Satélite Geoestacionário de Comunicações e Defesa (SGDC) da Telebras (com parceria da Viasat) no programa Gesac. O plano foi decidido em reunião nesta quarta-feira, 27, entre o ministro Fábio Faria e o presidente do BB, André Brandão. 

Segundo o MCom, o projeto prevê também "capacitação de clientes para o mundo digital, consultorias em educação financeira e utilização dos serviços bancários para produtores rurais, por exemplo". Ou seja, a ideia é explorar o potencial de bancarização e transformação digital de produtores em zonas rurais pouco ou nada servidas com conectividade. 

Por enquanto, o projeto é apenas "uma ideia extremamente válida" e ainda no início do desenvolvimento, segundo Faria. Ainda deverão ser definidos as localidades que poderão receber o sinal. Não foi informado o papel exato do BB, tampouco o orçamento destinado exclusivamente para o programa. 

Notícias relacionadas

No âmbito do Gesac, o governo afirma ter 12,8 mil pontos conectados pelo País, repartidos em 9,6 mil escolas, 1,2 mil unidades de saúde e 400 comunidades indígenas. Esse total representa cerca de 400 a mais do que o número divulgado no início do programa (então batizado de Wi-Fi na Praça) em agosto e que contempla ainda telecentros, postos de fronteira e unidades de segurança pública. No total, o contrato prevê 15 mil pontos contratados por diferentes órgãos do governo, como as pastas da Educação ou Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.