Edge da AT&T contará com serviços de nuvem da Microsoft nos EUA

Como parte de uma aliança estratégica anunciada pelas empresas em julho, a operadora norte-americana AT&T anunciou que sua infraestrutura de edge computing oferecerá os serviços de nuvem da Microsoft (Microsoft Azure) para clientes nos EUA.

A oferta será iniciada para consumidores selecionados na cidade de Dallas, Texas, onde a AT&T tem sede. Em um segundo momento, a opção também deve ficar disponível em Los Angeles e Atlanta, mas também para clientes corporativos selecionados. A AT&T já ativou redes 5G em localidades de 21 cidades utilizando ondas milimétricas.

A lógica das instalações de edge computing (ou computação de borda) é descentralizar a rede, trazendo poder computacional para pequenos data centers mais próximos ao usuário final, permitindo assim menores taxas de latência. Segundo a dupla, um exemplo colocado em prática pela parceria está na experiência de jogos mobile: cliente da AT&T, a desenvolvedora Game Cloud Network já criou um jogo 5G exclusivo e hospedado na borda da rede a partir do Microsoft Azure. Outros serviços que devem ser habilitados pela dupla envolvem drones conectados e realidade virtual, além da oferta de vídeo.

"Temos falando o ano inteiro que desenvolvedores e negócios serão os early adopters do 5G, e isso nos coloca na vanguarda dessa revolução", afirmou o diretor de marketing da AT&T, Mo Katibeh, em comunicado publicado pelas empresas. O modelo anunciado pela dupla de gigantes norte-americana dá algumas pistas de como o edge computing pode ser comercializado pelas operadoras de telecomunicações – que também têm apostado na adoção da infraestrutura no Brasil. Controladora da TIM, a Telecom Italia é outra companhia que anunciou parceria recente visando o edge computing, mas ao lado do Google Cloud.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.