André Figueiredo diz que buscará recursos para o Banda Larga para Todos e que programa é prioridade

O ministro das Comunicações André Figueiredo reforçou a defesa do Banda Larga para Todos na abertura da Futurecom 2015, que acontece esta semana em São Paulo. Segundo o ministro,  a presidenta Dilma Rousseff voltou da viagem à Suécia e Finlândia "convicta da importância de continuarmos a investir em inovação tecnológica, 5G, IoT" e ressaltou que o ministério vai buscar investimentos que viabilizem o BLPT, com R$ 50 bilhões de investimentos, boa parte subsidiado pelo poder público. "Estamos abertos e dispostos a intervir com outros ministérios para garantir recursos contingenciados para aquilo que foram destinados. Temos certeza que com argumentos teremos o abraço da presidenta", disse ele, ressaltando que os recursos estão previstos no PPA (Plano Plurianual) até 2019. Em entrevista após a solenidade, ele disse que ainda não teve conversas com a área econômica sobre os investimentos, mas que o projeto está mantido e que serão buscadas alternativas. "Lutarei por esses recursos, mas estamos há dois meses do final do ano e temos muitas questões a resolver", disse Figueiredo, sem se comprometer com cronogramas nesse momento.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.