Leilão 5G de 3,5 GHz levanta US$ 4,58 bilhões nos EUA

Foto: Christoph Scholz

O primeiro leilão 5G com espectro de 3,5 GHz nos EUA (Auction 105) foi encerrado na terça-feira, 25, após 76 rodadas. Durante o certame, US$ 4,585 bilhões foram arrecadados com a venda de 70 MHz divididos em 20.625 mil licenças regionais entre 3,55-3,65 GHz.

Ao todo, 271 pleiteantes participaram do processo, entre operadoras móveis, de cabo, ISPs, empresas de utilities e companhias interessadas em redes privadas. Para analistas da consultoria BitPath, a arrecadação superou expectativas, visto que a banda exigirá a limitação de níveis de potência e compartilhamento com incumbentes do governo (como a Marinha norte-americana).

O preço médio por MHz/pop atingiu US$ 0,216921, segundo a BitPath. A título de comparação, os últimos leilões de espectro realizados pela Federal Communications Commission (FCC) tiveram preço por MHz/pop de US$ 0,0113 (no certame de 28 GHz) e US$ 0,009112 (no caso do 24 GHz).

Ainda assim, 2.006 blocos não chegaram a ser comercializados nesta licitação de 3,5 GHz, ou quase 9% das 22.631 licenças colocadas à venda. Para o processo, os lotes regionais foram divididos em canais de 10 MHz não contíguos, mas um mesmo player podia adquirir até quatro blocos em uma mesma região e agregá-los. Nos próximos dias, a FCC deve publicar a lista completa de vencedores, bem como prazos e condições de pagamento.

Novo leilão

Um novo leilão de espectro (neste caso, com faixas entre 3,7 GHz a 4,2 GHz), está programado pela FCC para dezembro e deve envolver dimensões ainda maiores, já que 280 MHz em capacidade estão previstos. Para tal, um processo acelerado de limpeza da banda C está sendo realizado ao lado das operadoras de satélites que atuam na faixa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.