Publicidade
Início Newsletter Aberta chamada para cidades do Maranhão e Paraíba aderirem à TV digital

Aberta chamada para cidades do Maranhão e Paraíba aderirem à TV digital

Cidades maranhenses e paraibanas podem se cadastrar para receber equipamentos para recepção do sinal de TV digital em mais uma etapa do programa Digitaliza Brasil. Nesta segunda-feira, 26, foi aberto o edital, destinado a 161 municípios que poderão manifestar interesse em fazer a transição do sinal analógico para o digital.

A chamada é direcionada a 94 municípios da Paraíba – cerca de 42% de todo o estado – e 67 do Maranhão (31%). As prefeituras que aderirem ao Digitaliza Brasil terão a chance de substituir os equipamentos de transmissão analógica por digitais, sem qualquer custo. O formulário de adesão é simplificado e pode ser acessado aqui. Os municípios convocados têm até o dia 27 de agosto para se manifestarem.

Distribuição de kits

Notícias relacionadas

Em outra linha de trabalho, o Digitaliza Brasil possibilita a distribuição de kits de conversão do sinal analógico para o digital às famílias de baixa renda, integrantes do Cadastro Único (inclusive as beneficiárias do Programa Bolsa Família), que atenderem aos critérios estabelecidos pelo GIRED, Grupo gestor constituído pelo Ministério das Comunicações (MCom), Anatel, e empresas dos setores de radiodifusão e de telecomunicações.

O programa Digitaliza Brasil objetiva ampliar o sinal de TV digital para todo o País. Com esta etapa, já foram lançados três editais que contemplam Ceará, Piauí, Maranhão, Paraíba e Rio Grande do Norte. Ao todo, foram convocados 258 municípios desses estados. Semana passada, o MCom publicou portaria concedendo autorização para que emissoras de TV transmitam em sinal digital em dez municípios. São eles: Avelino Lopes, Beneditinos e Pedro II (Piauí); Capistrano, Fortim, General Sampaio, Guaraciaba do Norte, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira e Nova Russas (no Ceará).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile