Vivendi vende sua participação na Activision Blizzard por US$ 8,2 bilhões

A maior editora mundial de videogames, a Activision Blizzard, fechou acordo para se separar do grupo Vivendi, e tornar-se independente. O acordo, de US$ 8,2 bilhões, foi anunciado nesta sexta, 26. A Activision Blizzard e um grupo de investidores, liderados pelos administradores da empresa, comprarão de volta as ações de propriedade da Vivendi.

A Activision Blizzard comprará aproximadamente 429 milhões de suas ações por cerca de US$ 5,83 bilhões em dinheiro, ou US$ 13,60 por ação. O presidente executivo e o co-presidente da empresa, Robert A. Kotick e Brian Kelly, respectivamente, estão liderando um grupo na compra de cerca de 172 milhões de ações da empresa da Vivendi por cerca de US$ 2,34 bilhões. A Vivendi manterá uma participação de cerca de 12%, ou 83 milhões de ações, na Activision Blizzard.

Nos últimos meses, a Vivendi tem buscado maneiras de reduzir seu endividamento, principalmente com a venda de ativos. A ideia de vender a operadora brasileira GVT, levantada no ano passado, está, por enquanto, descartada, mas o grupo ainda busca se desfazer de outros ativos na área de telecomunicações. A venda da Activision pode reduzir um pouco a pressão por novas vendas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.