Telefónica vai priorizar vendas de smartphones com Windows Phone 8

A Telefónica anunciou que vai priorizar as vendas de smartphones com o sistema operacional Windows Phone 8 nos principais mercados onde atua: Espanha, Reino Unido, Alemanha, Brasil, México e Chile. O objetivo é reduzir o poder do duopólio formando por Android e iOS, que atualmente domina o mercado mundial de smartphones. Com o apoio da Microsoft, será adotado um novo plano de comercialização de aparelhos Windows Phone, para melhorar as vendas dessa plataforma.

"A promoção dos dispositivos Windows Phone 8 beneficiará os consumidores, que disporão de mais opções, reduzindo a polarização da base instalada das plataformas operacionais", escreveu a empresa em comunicado internacional.

Como parte dessa estratégia, a Telefónica vai oferecer a clientes corporativos serviços como o Office 365 e o SharePoint. E para os usuários finais, o SkyDrive (serviço de armazenamento de dados na nuvem) e a integração com o videogame Xbox.

A Telefónica informa ainda que vai dialogar com os fabricantes para garantir a disponibilidade de terminais com esse sistema operacional.

Análise

O Windows Phone ainda não decolou, mesmo após grande investimento de marketing por parte da Microsoft e da Nokia. A expectativa de que ele se consolidaria como uma terceira via não se concretizou até o momento. As vendas estão abaixo do esperado. Isso se deve, em parte, à falta de variedade de aplicativos móveis em sua loja.

A decisão da Telefónica é uma tentativa de evitar o naufrágio dessa plataforma. Isso traz confiança para fabricantes que eventualmente estejam se questionando sobre as vantagens de seguir produzindo aparelhos com Windows Phone 8. Para a Telefónica, assim como para qualquer operadora móvel, é fundamental promover um mercado plural e competitivo entre sistemas operacionais e entre fabricantes de aparelhos, para não depender de um ou dois fornecedores.

Outro projeto com o mesmo propósito é o do Firefox OS, que, por sinal, está atrasado. A divulgação desta semana pela Telefónica levanta a dúvida sobre o quanto mais ainda vai demorar para o Firefox OS ser finalmente lançado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.