Dish desiste também da aquisição da Clearwire nos EUA

Após a investida da Sprint na semana passada, a norte-americana Dish anunciou a retirada da tender offer (oferta pública que pede aos acionistas que suavizem as vendas de papéis por um preço específico durante certo intervalo de tempo) para adquirir a Clearwire, que controla frequencias de 2,5 GHz nos EUA. Em comunicado enviado ao mercado nesta quarta, 26, a operadora de DTH informou que a oferta poderia ser retirada, "entre outras razões, como um resultado de uma recente mudança na recomendação pela Clearwire". De fato, houve uma revisão na recomendação. Na segunda, 24, a Institutional Shareholder Services (ISS), uma firma de avaliação independente, afirmou que "dada à consideração do montante oferecido pela Sprint ser mais alto do que a tender offer da Dish, assim sendo a melhor alternativa disponível atualmente para maximizar o valor, os acionistas deveriam votar pela fusão proposta pela Sprint".

Já parecia uma batalha perdida pela operadora de DTH. Na última sexta-feira, 21, a Clearwire estabeleceu um acordo com a Sprint, com aprovação de grupos de acionistas, diretores e executivos com direito de voto. Isso ocorreu porque a Sprint cobriu a oferta da operadora de DTH, colocando um preço 14% acima dos US$ 4,40 oferecidos pela rival. Por sua vez, a Dish havia desistido no dia 18 de adquirir a própria Sprint Nextel, que preferiu ter como comprador a operadora japonesa SoftBank.

Prestador de TV por assinatura via satélite (DTH) com base de 14,092 milhões de acessos (dados de março) nos Estados Unidos, a Dish ainda tem outros planos em mente. A empresa poderia concentrar esforços no Brasil, onde já assegurou o reposicionamento de satélite para cobrir o território brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.