CDG minimiza saída da Nokia do mercado de CDMA

O CDMA Development Group (CDG), associação que promove a utilização do padrão CDMA ao redor do mundo, enviou comunicado à imprensa internacional nesta segunda-feira, 26, no qual afirma que a decisão da Nokia de abandonar a produção de aparelhos dessa tecnologia não afetará o abastecimento do mercado. ?LG, Samsung e Motorola são os principais fornecedores de aparelhos CDMA ao redor do mundo. O market share mundial da Nokia em CDMA é pequeno, especialmente em mercados como a América do Norte. Se a Nokia reduzir o fornecimento de aparelhos CDMA, outros fabricantes cobrirão esse espaço?, diz o documento.
No comunicado, o CDG lamentou o fato de a Nokia ter cancelado a fusão com a Sanyo, com quem produziria os handsets CDMA, e classificou a decisão da empresa finlandesa como ?precipitada?. A entidade afirmou que a fusão ?fortaleceria a posição da Nokia em mercados chave para o CDMA, como EUA, Japão e Coréia?, além de contribuir para que a empresa finlandesa aumentasse sua participação em mercados emergentes, como Brasil, Rússia, Índia e China.
A associação ressaltou que existe hoje uma competição saudável na produção de aparelhos CDMA, o que levou, por exemplo, à produção de 21 modelos de aparelhos 3G CDMA2000 no mercado indiano por preços abaixo de US$ 50 no atacado. Esses terminais são fornecidos por dez diferentes fabricantes ? dentre os quais a Nokia, responsável por dois modelos.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!