Brasil tem 47 milhões de pessoas sem acesso à Internet

Apesar da redução em relação a 2018, o número de excluídos digitais no Brasil ainda é de 47 milhões de brasileiros, que representam 26% da amostra da pesquisa TIC Domicílios 2019, divulgada pelo Comitê Gestor da Internet (CGI.br) nesta quarta-feira, 28. Ou seja, um a cada quatro brasileiros não utilizam a Internet.

Os dados da TIC Domicílios traduzem um Brasil que conta com 134 milhões de usuários de Internet, que representam 74% da amostra analisada na pesquisa. Comparado com 2018, o número aumentou quatro pontos percentuais. Os dados foram coletados entre outubro de 2019 a março de 2020, com uma amostra de 23.490 domicílios e 20.536 indivíduos, nacionalmente.

Preço

Os números divulgados nesta terça-feira apontam que em 59% dos domicílios que não possuem Internet, os moradores justificam a ausência do serviço pelo alto preço. Segundo a pesquisa, os moradores dessas residências acham os valores pagos na internet brasileira caro. Em segundo lugar, está a falta de interesse, com 43%.

Quando se observa a área rural, o número ainda é maior: 66% dos moradores de áreas rurais justificam a ausência de Internet em seus domicílios porque acham caro os valores ofertados pelas operadoras nas regiões onde moram.

A região Norte é onde o preço do serviço de acesso à internet mais impacta no bolso do cidadão. 72% dos domicílios que não possuem o serviço porque o acham caro. Na sequência, está a região Nordeste, com 63% dos domicílios sem acesso à internet por conta do preço. O menor impacto vem da região Sudeste, com 53%, que é um número relativamente alto, mas menor do as outras regiões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.