América Móvil desmente mudanças de comando na Claro e Embratel

Comunicado da América Móvil, divulgado nesta quarta-feira, 26, desmente a reportagem veiculada pela Folha de S. Paulo segundo a qual dentro de dois meses Claro e Embratel estariam fundidas. Ainda de acordo com a reportagem, Carlos Slim, dono da America Móvil que controla a Claro, e da Telmex Internacional, que controla a Embratel, já teria se decidido pelo nome de José Formoso Martinez, atual presidente da Embratel, para chefiar a nova empresa.
"América Móvil esclarece que não houve mudança alguma na administração da Claro nem da Embratel. As operações da Claro no Brasil seguirão sendo dirigidas por João Cox e da Embratel por José Formoso", diz o comunicado.
Apesar da negativa da América Móvil, a integração entre Claro, Embratel e, posteirormente da Net, é tida como certa pelo mercado. Faz todo sentido para o grupo mexicano integrar as empresas e, assim, poder oferecer pacotes triple play, que é uma forte ferramenta de fidelização do cliente. No México, Carlos Slim está promovendo uma simplificação da estrutura acionária das suas empresas. A idéia é colocá-las debaixo de uma única holding, a América Móvil. O próximo passo, seria a integração entre Claro e Embratel. Com a aprovação do PL 29, que muda as regras de TV paga e abre o setor ao capital estrangeiro, a Embratel teria o aval regulatório para assumir o controle da Net, que hoje pertence à Globo Participações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.