SES 14 levará um mês a mais para chegar à órbita planejada

banda ka, banda larga via satélite, espaço, dados via satélite

Após o susto durante a etapa de separação no lançamento, o satélite SES 14 está "em bom estado e em seu curso", de acordo com a operadora SES. Após a anomalia, quando foi perdida a telemetria, a operadora diz que conseguiu estabelecer a telemetria e o telecomando com o artefato e que está configurando agora um novo plano de elevação de órbita. Com isso, a companhia espera que o SES-14 atinja a sua órbita geoestacionária "apenas quatro semanas depois do planejado originalmente".

Em comunicado, a empresa assegura que o satélite está "em boas condições", com todos os subsistemas a bordo nominais. E espera que o SES 14 atinja o tempo de vida útil projetado originalmente.

O satélite ficará na posição 47,5 graus Oeste e terá capacidade em banda C (especialmente posicionada para atender ao Brasil e à América Latina) e banda Ku (dedicada especificamente para transmissão de dados, incluindo projetos de backhaul e transmissão para aeronaves e marítimas). O satélite substitui o NSS-806, e também leva um payload especialmente encomendado pela Nasa para observação terrestre. Ele foi fabricado pela Airbus.

A anomalia aconteceu durante a missão AV241, quando houve perda de comunicação com os satélites SES 14 e Al Yah 3, da operadora Yahsat.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.