Motorola volta a vender smartphones na China

A estratégia da Lenovo em adquirir a Motorola no ano passado era a de ter uma porta de entrada no mercado ocidental, mas o caminho contrário também era verdade. Nesta segunda, 26, a ex-subsidiária do Google anunciou que voltará a vender smartphones na China, um dos maiores mercados consumidores do mundo, com os modelos Moto X, Moto X Pro e Moto G na versão com 4G. "Estamos ansiosos em construir um relacionamento direto com os clientes chineses e proporcionar a Internet móvel para milhões de pessoas", diz o comunicado postado no blog oficial da empresa.

Notícias relacionadas
A estratégia da empresa é levar o Android "semipuro" também aos consumidores chineses. O Moto X Pro é, na verdade, uma versão renomeada do Nexus 6, smartphone flagship construído pela Motorola para o Google que conta com tela de 6 polegadas, câmera de 13 megapixels, processador Qualcomm Snapdragon 805 de 2,7 GHz e bateria de 3.220 mAh. Já o Moto G compatível com 4G, pela descrição no comunicado da Motorola, é o de segunda geração, com tela de 5 polegadas. Ambos os modelos não são vendidos, pelo menos até então, no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.