Operadoras competitivas lideram banda larga fixa em 3,5 mil cidades

Reunindo tanto os provedores regionais de Internet (ISPs) quanto players do segmento como Algar, TIM e Copel, as chamadas operadoras "competitivas" de banda larga fixa já são líderes de mercado em 3.509 cidades do País, conforme estatísticas de setembro deste ano.

As informações estão em levantamento realizado pela consultoria Teleco. Ao longo de 2019, as competitivas conquistaram a ponta em número de clientes em 369 municípios, após encerrarem 2018 com liderança na banda larga fixa em 3.140 cidades. Já em 2017, eram 2.523 as cidades que tinham alguma operadora de pequeno porte como principal prestadora.

Notícias relacionadas

A Teleco nota que "as competitivas estão crescendo principalmente nos municípios onde a liderança era da Oi": principal empresa em 1.641 cidades em setembro deste ano, a operadora reunia liderança de mercado em 2.474 ao fim de 2017, passando para 1.931 ao fim de 2018. Conforme o plano estratégico de investimentos da companhia, a Oi pretende endereçar uma reação através do FTTH: no segmento, a empresa atingiu recentemente a marca de 500 mil acessos.

A Vivo, que segundo a Teleco "tem atuação mais concentrada em São Paulo", também perdeu a ponta em alguns municípios nos últimos dois anos, passando de 477 cidades com liderança em 2017 para 401 em 2018 e 323 atualmente. Uma das apostas da empresa para recuperação de terreno é o modelo de franquias para FTTx, que permitirá parcerias com provedores regionais em novas áreas de atuação.

Já a Claro (líder do mercado nacional com mais de 9,5 milhões de acessos) encerrou setembro como principal prestadora em 97 municípios. Tratam-se, contudo, das maiores cidades do País, incluindo diversas capitais. O número de municípios ficou praticamente inalterado nos últimos anos: a empresa liderava em 96 praças ao fim de 2017 e 98 ao fim de 2018.

Backhaul

A Teleco também observa que a ascensão das provedores de banda larga competitivas está relacionada com a expansão de suas redes de longa distância. Somados, os players do segmento somam backhaul de fibra ótica em 2,7 mil municípios. Com a maior cobertura individual, a Oi cobre 2,3 mil, frente 1,3 mil da Vivo e 1,2 mil da Claro.

Como reflexo, as competitivas já aparecem em segundo lugar em quantidade de acessos de banda larga fixa com velocidade maior que 34 Mbps, atrás apenas da Claro: são 5,7 milhões da líder de mercado contra 3 milhões das prestadoras de pequeno porte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.