BlackBerry tem debandada de executivos

Mesmo com o anúncio de medidas para tentar salvar a BlackBerry, a empresa continua enfrentando problemas internos. Desta vez é a debandada de executivos das áreas de operações, marketing e financeiro. Em comunicado ao mercado nesta segunda-feira, 25, a empresa oficializou a saída do COO, Kristian Teart, do CMO, Frank Boulben, e do membro do board Roger Martin. A canadense anunciou ainda que o CFO Brian Bidulka será substituído por James Yersh.

A BlackBerry disse que Bidulka permanece na companhia como conselheiro especial do CEO, John Chen, "pelo restante do ano fiscal para dar assistência à transição". O executivo estava há oito anos na companhia, mas a troca será por alguém que já conhece a fabricante de smartphones canadense. Yersh atuou na empresa anteriormente como vice-presidente sênior, controller e head de compliance. Antes de entrar lá em 2008, havia trabalhado na empresa de consultoria Deloitte.

Chen procurou assegurar que a posição de caixa da BlackBerry é forte e continua "por uma margem significativa" a ser "o maior provedor de soluções de gerenciamento confiável e seguro de dispositivos móveis para clientes corporativos no mundo". O CEO disse ainda que, com esse pilar e a mudança na diretoria da companhia, continuará a alinhar o time de gerenciamento e a estrutura organizacional, "refinando a estratégia da companhia para assegurar que entreguemos os melhores dispositivos; gerenciamento de segurança e dispositivos móveis com o BES (BlackBerry Enterprise Service) 10; provendo soluções multiplataforma de mensagens com o BBM; e expandindo a adoção de sistemas com (a linguagem de programação) QNX embutida".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.