V.tal aguarda anuência da Anatel para até janeiro de 2022

Pedro Luiz Arakawa, CCO da V.tal. Foto: Reprodução

Uma semana depois da aprovação da Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a V.tal acredita que o processo de anuência na Anatel da venda do controle, atualmente da Oi, para os fundos geridos pelo BTG Pactual deverá ser concluído nos próximos dois meses. 

A companhia, antes conhecida como InfraCo, está aguardando um prazo de 15 dias para ter a confirmação do órgão de competição, segundo informou o CCO da empresa, Pedro Luiz Arakawa, em evento do portal Tele.Síntese nesta segunda-feira, 25. "A expectativa é até dezembro ou janeiro do ano que vem", colocou.

O plano de ação da companhia de rede neutra é o de oferecer o modelo que o provedor quiser: seja com fibra até o poste ou até dentro da casa do usuário. Arakawa lembra que os 13 milhões de HPs (casas passadas) estariam disponíveis às empresas, ressalvando que a Oi (ou a Nova Oi, que será a empresa resultante das vendas de ativos) é a principal cliente, além da Vero "e outros" provedores regionais.

Notícias relacionadas

No atacado, a abordagem é diferente. "Os produtos são os tradicionais: links dedicados, fibra apagada e, eventualmente, compartilhamento de infraestrutura. A rede neutra é esse modelo que se paga a mensalidade por cliente e por casa conectados para fazer o uso de toda a infraestrutura, incluindo a saída internacional, backbone nacional, backhaul, OLT e parando no poste ou na casa do cliente", explicou. 

Arakawa lembra que, se o provedor optar pela solução fim a fim, isso pode ser conseguido em qualquer uma das 13 milhões de casas conectadas. "Quando a empresa opta, a gente faz a instalação da fibra (o drop), inclusive com OLT e já funcionando para que o cliente da operadora já possa usar", declara. 

O CCO da V.tal explica que há demanda da rede neutra tanto para fibra até o poste quanto até o usuário. "Tem provedor que prefere ter o contato com o cliente, e tem outros que dizem que querem a V.tal no final. Não tem um tema técnico", conclui. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.