Desligamento da TV analógica será voluntário até o dia 17

Foto: stock.tookapic.com/Pexels.com

O Gired (grupo de Acompanhamento da TV Digital) decidiu nesta terça, 25, adiar a obrigatoriedade do desligamento da TV analógica em Brasília para o dia 11 de novembro. A decisão foi tomada em função do não atingimento dos percentuais mínimos de domicílios aptos a receber o sinal da TV digital. A mais recente pesquisa Ibope apontou para um percentual de 89% dos domicílios aptos, chegando a 90% na projeção. Mas pelos critérios das emissoras de TV, o percentual ficou em 87%. Ficou aberta, entretanto, a possibilidade de que os radiodifusores façam o desligamento voluntário antes da data, especialmente as retransmissoras. Essa possibilidade será negociada diretamente entre o ministério e as emissoras de TV.

As empresas de telecomunicações, contudo, tiveram pelo menos uma boa notícia, já que o critério estabelecido para a análise da próxima pesquisa será o mesmo utilizado na cidade de Rio Verde, critério este que mais agrada as teles e desagrada as emissoras de TV. Durante a votação, a emissora Record foi a única favorável ao desligamento imediato do sinal, mas foi vencida no voto pelas demais emissoras de TV. Com isso, o desligamento na cidade de Brasília pode começar a acontecer a partir de amanhã, dia 26, mas isso depende da vontade dos radiodifusores. Apenas no dia 17, a depender da pesquisa, é que se saberá com certeza se o desligamento será tornado compulsório ou não.

2 COMENTÁRIOS

  1. Na frase "adiar a obrigatoriedade do desligamento da TV analógica em Brasília para o dia 11 de novembro", a data não seria 17 de novembro?

  2. Simplesmente patética essa mudança, sério. Se o prazo final seria hoje (já definido desde 2014), então que se cumprisse!

    Não adianta: há 516 anos nosso país não cumpre prazos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.