Publicidade
Início Newsletter Claro saiu da defensiva e vai atacar na banda larga, afirma José...

Claro saiu da defensiva e vai atacar na banda larga, afirma José Félix

José Félix, da Claro, no Pay-TV Forum 2023

Líder do mercado brasileiro de banda larga fixa, a Claro pretende ir para o ataque na precificação de ofertas do serviço como resposta aos valores cobrados atualmente por provedores regionais da Internet.

A promessa foi feita nesta semana pelo CEO da Claro no Brasil, José Félix. “Antes estávamos com uma visão de nos proteger na banda larga. Agora decidimos não nos proteger mais e vamos atacar. Na questão preço, se [o provedor regional] é R$ 50 eu vou fazer R$ 40; se é R$ 40, eu vou fazer R$ 30”, exemplificou o executivo, durante participação no Pay-TV Forum realizado nesta semana por TELETIME e Telaviva em São Paulo.

“Não vou mais deixar o negócio rolar solto como estava rolando”, completou Félix, em referência ao crescimento dos ISPs no mercado brasileiro de banda larga fixa. Hoje, as ofertas de entrada oferecidas pela Claro no segmento são de R$ 99,90 em planos de 250 Mbps.

Notícias relacionadas

Ao abordar a competição, Félix também recordou que a operadora já vive um bom momento comercial na banda larga. Ao contrário de 2022, as adições líquidas da líder do segmento no País ao longo deste ano são positivas, superando as demais rivais nacionais. A empresa tem 9,8 milhões de clientes no mercado de Internet fixa.

Velocidades

Outro ponto sobre os provedores regionais questionado por Félix envolve os equipamentos de casa do cliente (CPEs) utilizados pelas provedoras regionais. O CEO da Claro alegou que as “caixinhas” usadas pelas empresas menores não seriam capazes de ultrapassar os 300 Mbps de velocidade.

A limitação, contudo, não impediria ISPs de negociarem pacotes mais robustos, como 700 Mbps e 1 Gbps, ainda segundo declarações de Félix. Neste sentido, o executivo lamentou a ausência de fiscalização da Anatel sobre as ofertas das pequenas operadoras – o que ecoa queixa das grandes sobre a assimetria regulatória aplicada para as regionais.

12 COMENTÁRIOS

  1. Quem quer pagar R$100 pra ter 250mb em internet COAXIAL (da rua pra casa/roteador)? se as provedoras locais oferecem coisa de 600mb com FIBRA ATÉ O ROTEADOR, e ainda dá mais coisas como streaming inclusos… A minha por exemplo tem upload e download 100%. A Claro pelo que lembro é coisa de 10% do upload.

  2. Ao contrário do que afirma o CEO da Claro são os ISP regionais que realmente entregam planos por fibra ótica até o cliente, FTTH garantindo velocidade de até 1 gigabps
    Ao contrário da Claro que usa tecnologia obsoleta de cabos coaxiais na imensa maioria, entregando planos que raramente ultrapassam 50 Mega no Upload e Downloads reais inferiores a 300 Meha

    • Concordo plenamente com suas palavras.
      Os pequenos que encabeçaram a expansão da Fibra (de verdade) para os rincões do país.

  3. Hoje não precisa da ANATEL para fiscalizar os usuarios conhecem sobre velocidade de up e dow , latencia e outros requisitos ninguem navega com internet ruim foi um tempo que tinhamos que aceitar as operadoras levando 5 a 6 dias para atender, hoje os provedores muncipais isso mesmo municipais atendem na hora. Hoje o que manda em todos os segmentos é atendimrnto imediato.

    • Eu discordo em partes, todos os provedores locais da minha cidade não atemdem fim de semana, onde é o período onde mais ocorre problema de falta de Internet, e a gente fica a mercê nos finais de semana, esperando segunda feira para solicitar o suporte técnico

  4. Só conversa eu sou um cliente bastante antigo da época da Horizon Cable e hoje Claro. Portanto, solicitei a instalação da Claro fibra para ontem e não vinheram.

  5. Conversa fiada! A banda larga em Salvador BA da Claro é de péssima qualidade por anos as outras concessionárias investiram no modem de fibra ótica e claro manteve uma internet a cabo de velocidade limitada e baixa qualidade, onde uma latência altíssima inviabiliza o próprio serviço de streaming oferecido pela Claro. Claro nunca mais, nem de graça.

  6. Parabéns pela iniciativa de ter visão de qualidade ofertando apenas preço como referência. Lhe garanto que tem muito provedor regional onde a claro vai atacar por 30 e o regional vai fazer por 20. Saliento isso e afirmo meus parabéns pela visão miope do mercado baseado somente em preço como diferencial!

    • Tomara que façam isso, e que as operadoras se matem, quero sempre o menor preço possível com a melhor velocidade, isso sim é acessibilidade da Internet

  7. O grande erro da Claro é não investir em cidades do interior, na minha cidade por exemplo lonje menos de 100 km da capital, os cabos da claro chegam, mas a empresa não comercializa os planos, apenas comercializa a Internet para as empresas, o que é muita burrice, e aí os ISP pequenos dominam, mas eu não ligaria deles chegarem na minha cidade oferecendo preços agressivos pra fazer os valores que já são baixos, despencarem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile