Brasil contribui com 18,8% no resultado da América Móvil

No segundo trimestre deste ano, a mexicana América Móvil teve uma receita de US$ 6,9 bilhões com um crescimento de 29,3% sobre 2006. Nesse montante a Claro, no Brasil, contribuiu com US$ 1,3 bilhão, que representou 18,8% desse resultado. O Ebitda no trimestre foi de US$ 2,8 bilhões, 40,2% superior ao ano anterior. A empresa acrescentou 6 milhões de clientes no segundo trimestre, elevando para 12,5 milhões o número de adições líquidas obtidas nos primeiros seis meses do ano, fechando o período com 137,2 milhões de assinantes celulares. Com a adição de 3,8 milhões de linhas fixas, consolida um total de 141 milhões de linhas em toda a sua área de atuação. No Brasil as adições foram de 1,6 milhão, a mais alta da operadora, seguida pelo México com 1,2 milhão e Argentina com 758 mil. A empresa tem presença em 16 países.
O lucro operacional foi de US$ 2,6 bilhões no trimestre, 52% ano a ano e US$ 1,3 bilhão de lucro líquido, 30,6% maior que no mesmo período do ano passado. A dívida caiu US$ 849,2 mil totalizando US$ 6,9 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.