Conselho da Algar aprova aumento do capital social em R$ 200 milhões

Em reunião nesta terça-feira, 25, em Uberlândia, o conselho de administração da Algar aprovou o aumento de capital da empresa em R$ 200 milhões mediante conversão de parte do saldo de reserva de retenção de lucros, sem emissão de novas ações. Com isso, o capital social sairia de R$ 521,4 milhões para R$ 721,4 milhões, segundo comunicado da empresa divulgado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Na mesma reunião foi aprovado ainda o orçamento para 2017 no valor de R$ 252,4 milhões.

A remuneração dos membros do conselho, do comitê de assessoramento e da diretoria será no total de R$ 11 milhões no ano. Foram eleitos ainda os membros do conselho, incluindo o presidente, Luiz Alberto Garcia, e o vice-presidente, Luiz Alexandre Garcia. O conselho tem mais nove membros: Marianna Garcia Malachias Andrade, Eliane Garcia Melgaço, Eleusa Maria Garcia Melgaço, José Luciano Duarte Penido, Sérgio Alair Barroso, Aguinaldo Diniz Filho, Sílvio José Genesini Júnior e Nelson Pacheco Sirotsky.

A empresa também alterou denominação de cargos (diretor vice-presidente de operações para vice-presidente de negócios; e de diretor de operações e tecnologia para diretor de tecnologia). Da mesma forma, excluiu os cargos de diretor comercial de varejo e diretor comercial de empresas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.