Telefônica anuncia fechamento de lojas de aplicativo na Alemanha, Espanha e Argentina

A Telefônica anunciou que vai tirar do ar até o fim deste mês as suas lojas de aplicativos móveis na Alemanha, na Espanha e na Argentina, conhecidas como O2 Apps e Movistar App Store. Todos os títulos serão apagados dos servidores. Os desenvolvedores que ainda tiverem dinheiro a receber serão remunerados normalmente por meio do canal de pagamento escolhido no cadastro.

Notícias relacionadas
As APIs da Bluevia, que permitem a integração com plataformas das operadoras do grupo Telefônica, continuarão à disposição dos desenvolvedores. Estes podem livremente levar seus apps para outras lojas. Aqueles títulos que usarem APIs da Bluevia continuarão a ser promovidos pela Telefônica.

Análise

Para o mercado de conteúdo móvel, a decisão da Telefônica pode ser interpretada como uma derrota das teles na tentativa de competir com lojas de aplicativos como a App Store, da Apple, e a Google Play, do Google. A novidade provoca dúvidas sobre o futuro da WAC, iniciativa internacional de operadoras móveis para a criação de lojas de aplicativos, da qual a Telefônica faz (ou fazia?) parte.

Mas cabe também lembrar que há outros movimentos em paralelo que precisam ser analisados, como a tendência do HTML5 em se tornar a principal linguagem para desenvolvimento de apps móveis (o que enfraquece as linguagens nativas e abre espaço para novas lojas de aplicativos, inclusive das teles) e a recente parceria da Telefônica com a Mozilla para a criação de um novo OS móvel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.