Telemar compra BrT por R$ 5,863 bilhões

A Telemar Norte Leste anunciou nesta sexta, 25, a aquisição da Brasil Telecom (BrT) por R$ 5,863 bilhões. Desse montante, R$ 4,982 bilhões serão para a compra da Invitel, holding que controla a Solpart, que, por sua vez, é a controladora da Brasil Telecom Participações (BTP). Os R$ 881 milhões restantes serão usados para a compra de ações da BTP detidas diretamente por alguns dos atuais vendedores. Um detalhe importante: o contrato de aquisição será assinado em nome do Credit Suisse, que atuará como comissário na operação. As ações da Invitel e da BTP só passarão às mãos da Telemar depois de a Anatel autorizar a fusão das concessionárias. A eficácia do contrato está sujeita à aprovação da compra pela Anatel em um prazo de 240 dias (ou 365 dias, se houver circunstâncias excepcionais) contados a partir desta data. Caso essa condição não seja atendida dentro do prazo previsto, a Telemar se compromete a pagar um prêmio de rescisão contratual no valor de R$ 490,15 milhões. O fechamento da operação deve acontecer em um prazo de 10 dias úteis após a Anatel aprovar a transferência do controle. Quando a operação for concluída, a Telemar terá 60,5% do capital votante da BTP (81.092.986 ações ordinárias). O preço pago por ação da BTP é de R$ 72,3058316215.
A Telemar irá desembolsar também R$ 315 milhões para encerrar as disputas judiciais entre os antigos controladores da Brasil Telecom ¿ Citibank, fundos de pensão e Opportunity.
Todos esses detalhes do negócio foram aprovados pelo conselho de administração da Tele Norte Leste Participações (TNLP), controladora da Telemar, mas ainda será submetidos à ratificação e aprovação dos acionistas.

Notícias relacionadas

OPAs

Após a transferência das ações da BrT para a Telemar, a companhia realizará a oferta pública de aquisição de ações (OPA) ordinárias da BTP e da BrT, oferecendo o equivalente a 80% do preço pago pelas ações de controle. Trata-se de uma OPA obrigatória, determinada por lei, em um mecanismo conhecido no mercado como ¿tag along¿. Os preços serão de R$ 57,85 por ação ordinária da BTP e R$ 54,31, por ordinária da BrT.
Independentemente da conclusão da transferência de controle, a Telemar irá também lançar uma OPA voluntária para comprar até 1/3 das ações preferenciais da BTP e da BrT pelos seguintes valores: R$ 30,47 por preferencial da BTP e R$ 23,42 por preferencial da BrT.
Após a realização das OPAs obrigatórias, acontecerá uma reorganização societária. A BTP será incorporada pela BrT, que, depois, será incorporada pela Telemar. Essa reestruturação societária deve levar cerca de 120 dias após a transferência do controle.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.