Número de postos de trabalho será mantido por três anos, afirma Falco

O presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco, garantiu que por três anos não haverá redução no quadro de funcionários da empresa resultante da fusão entre Oi e Brasil Telecom (BrT). "As empresas são complementares. E 94% dos colaboradores diretos da Oi têm cargos operacionais. O garoto que sobe no poste aqui no Rio não vai substituir o que sobe no poste em Goiânia", afirmou. Não estão descartados, contudo, pequenos ajustes na área administrativa e nos cargos executivos. "Mas nossa prioridade é reter todos os talentos", garantiu.
Falco lembrou que só em 2008 a Oi deve contratar 800 novos colaboradores diretos: 300 em São Paulo e 500 em outros estados. Ao fim do ano passado, a empresa tinha 8.776 funcionários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.