ASIET quer parceria com Europa para levantar dados da digitalização na América Latina

A associação de telecomunicações latino-americana ASIET apresentou em evento na Costa Rica uma proposta da criação de uma plataforma regional de estudo da digitalização da América Latina e do Caribe. Em comunicado enviado nesta segunda, 25, o diretor executivo da entidade, Pablo Bello, sugere cooperação com a União Europeia para promover o estudo, com apoio da Comissão Europeia e organismos internacionais, com objetivo de "entender os processos da transformação digital e dar resposta aos desafios compartilhados" entre organismos, reguladores, governos, bancos de desenvolvimento, comunidade técnica, academia, associações e empresas do setor privado.

A plataforma seria um espaço multissetorial "para uma reflexão adequada que contribua a enriquecer e elevar a qualidade do debate sobre política pública". Assim, pretende promover avanço no conhecimento e no compartilhamento de informações sobre o impacto das TICs, realizando estudos, capacitação e criando indicadores "adequados e robustos". A ferramenta abordaria desafios da competição no ecossistema digital e a atualização regulatória no contexto das mudanças econômicas, políticas e sociais. 

Bello sugere uma alternativa ao modelo desregulado californiano e estatal chinês, sinalizando que a América Latina e a União Europeia são "parceiros estratégicos" para construir o modelo de digitalização em busca do desenvolvimento. Ele chamou atenção para a necessidade urgente de digitalização no bloco, citando que a região teria sido uma das que menos cresceu em produtividade nos últimos anos, além de ter desafios para implantar a infraestrutura de telecomunicações necessária para a quarta revolução industrial. Outra demanda é a de diminuir a desigualdade digital entre países, âmbitos rurais e urbanos, homens e mulheres e jovens e idosos.

A ASIET convida a todas as entidades regionais e internacionais interessadas a tornar a inciativa uma realidade no próximo Congresso Latino-americano de Telecomunicações, que será realizado entre 1º e 5 de julho em Córdoba, na Argentina. A proposta apresentada na Costa Rica nesta segunda-feira aconteceu durante um workshop promovido pela Comissão Europeia para buscar identificar espaços de colaboração para soluções conjuntas a respeito de regras para o mercado digital, plataformas de comércio eletrônico, meios de comunicação e cibersegurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.