Teles buscam plataforma comum de portabilidade de dados

Na véspera do Mobile World Congress 2018, que acontece esta semana em Barcelona, a Telefônica voltou a reiterar o discurso que vinha adotando desde o ano passado sobre o uso dos dados pessoais dos usuários e a forma como eles serão tratados nos novos produtos e serviços da empresa. Segundo José Maria Alvarez-Pallete, CEO global da empresa, o princípio básico que orienta a empresa é o da segurança, transparência e empoderamento dos usuários, que têm, de acordo com estes princípios, o controle total das informações. A empresa não nega que esteja desenvolvendo mais e mais serviços em que fornece os dados a terceiros de maneira agregada e anônima, mas ainda assim quer dar garantias de estas informações possam ser levadas pelos clientes de uma operadora para outra.

Durante o MWC 2018, Pallete anunciou que quatro grandes grupos europeus de telecomunicações, Telefônica, KPN, Orange e Deutsche Telekom, firmaram um acordo chamado Cooperação para a Portabilidade de Dados. O objetivo é definir padrões para a portabilidade de dados pessoais entre as operadoras, quando o cliente trocar de uma para outra, e garantir a privacidade e a segurança dos mesmos. O anúncio foi feito junto com a apresentação da Aura, assistente pessoal virtual da Telefônica, nesta domingo 25, em Barcelona.

Não está claro ainda que tipo de informação será portável. O "data lake" das teles inclui informações valiosas como movimentação na rede, histórico de chamadas, histórico de navegações além de todo o acervo sobre planos, serviços e condições contratadas. Todas estas são informações utilizadas pela camada digital que a Telefônica desenvolveu, e não se sabe se todo esse conjunto poderá ser "portado". Empresas de Internet oferecem a possibilidade de que os dados pessoais sejam inteiramente copiados pelos próprios usuários, mas estas informações em geral dizem respeito a fotos, mensagens e emails.

1 COMENTÁRIO

  1. Por conta do GDPR isto também será obrigatório na Europa a partir de maio. As soluções de portabilidade de dados terão que ser disponibilizadas aos clientes como parte de seus novos direitos digitais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.