Demanda deve estimular investimentos em rede, prevê CEO da Ericsson

O CEO da Ericsson, Hans Vestberg, reconheceu que algumas operadoras dos Estados Unidos e da Europa tiraram um pouco o pé nos investimentos em rede durante o ano passado por conta do complicado cenário macroeconômico, mas ele se mostrou otimista para um cenário futuro de curto prazo. "América Latina, Japão e Coreia do Sul são algumas regiões em que os investimentos em rede estão acelerados; a África voltou a investir no final do ano passado e, de qualquer maneira, a demanda por conectividade não vai parar", disse Vestberg, que prevê que essa demanda crescente forçará as teles a colocar a mão no bolso para garantir a qualidade de serviço. A estimativa de Vestberg é de que os gastos com Capex cresçam a uma taxa média anual de 3% a 5% pelos próximos três anos.

No possível cenário para 2013, o CEO acredita que até o final do ano os smartphones respondam por mais da metade dos embarques de handsets no mercado mundial, impulsionados por terminais inteligentes cada vez mais baratos; o total de usuários de banda larga móvel ultrapassará a base global de assinantes de banda larga fixa; e o total de linhas LTE ativas deve ultrapassar os 100 milhões. "Serão mais de dois bilhões de assinantes de banda larga móvel ao final de 2013, que consumirão uma média de 20 MB/dia por usuário", disse.

M2M

A crescente demanda de comunicação entre máquinas (M2M) também foi abordada pela Ericsson. A fornecedora fechou parceria com a SAP para a oferta combinada de software as a service (SaaS) para M2M. A ideia é aproveitar a expertise da SAP em aplicações e serviços para o mercado corporativo e oferecer soluções M2M na nuvem. "Para atendermos a um mundo cada vez mais conectado será preciso infraestruturas para big data, mobilidade e cloud. Ericsson e SAP têm muitos clientes em comum e essa parceria nos garante todos os requisitos necessários para atender esse mercado de M2M juntos e de forma mais rápida", concluiu Vestberg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.