Fundo reclama da relação de troca entre ordinárias e preferenciais

Na opinião de Marcos Duarte, sócio da Pólo Capital Gestão de Recursos Ltda, não deveria haver diferença entre ordinaristas e preferencialistas na relação de troca de ações proposta para a reestruturação da Telemar. ?Em várias outras operações similares, como a das Lojas Americanas, da Perdigão, da Embraer e da Bradespar, a relação entre ordinárias e preferenciais foi de 1:1. Não sei por que na Telemar deveria ser diferente?, reclama Duarte.
Na proposta feita pelos controladores da Telemar, os ordinaristas ganharão 2,6 vezes mais ações que os preferencialistas, que terão sua participação na companhia reduzida de 66,7% para 40,6% se a reestruturação for aprovada.
A Pólo é gestora de dois fundos que têm ações preferenciais da Telemar: Pólo HG Fundo de Investimento em Ações e o Pólo Norte Fundo de Investimento Multimercado. Eles têm, respectivamente, 460 e 580 cotistas. A empresa não revela o número exato de participação acionária que detém na Telemar. Foi movida pela Pólo a ação judicial que proibiu o voto de ordinaristas e acionistas controladores na AGE da Telemar.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.