Publicidade
Início Newsletter Ministério da Economia busca subsídios para rever modelo tributário em telecomunicações

Ministério da Economia busca subsídios para rever modelo tributário em telecomunicações

Foto: Pixabay

O Ministério da Economia abrirá esta semana uma tomada de subsídio para colher informações sobre o problema tributário no setor de telecomunicações. A consulta será aberta a partir do dia 26 a qualquer participante e está planejada para ir até o dia 1 de outubro. Também no dia 26, às 15:00, deve ser realizado um evento virtual do Ministério da Economia para detalhar a consulta.

A tomada de subsídios será feita na forma de perguntas, que versarão sobre os seguintes temas:

    Notícias relacionadas
  • Impactos do sistema tributário atual na massificação da banda larga e inclusão digital;
  • Soluções para o problema de elisão fiscal decorrente do enquadramento de serviços como SVA (ISS) e telecom (ICMS);
  • Perspectivas de crescimento de base com possíveis ajustes tributários;
  • Possíveis modelos mais eficientes de tributação;
  • Possíveis alternativas para as taxas setoriais;
  • Impactos das taxas de ocupação do solo na infraestrutura;
  • Possibilidade de tributação progressiva, variável com a faixa de renda do consumidor;
  • Possíveis mecanismos de compensação ao consumidor decorrentes de desoneração;
  • Políticas públicas exitosas para a ampliação de banda larga;
  • Possível revisão do subsídio cruzado entre os setores de telecom e setor audiovisual;
  • Assimetria tributária entre telecom e serviços OTT e possíveis compensações;
  • Impactos da racionalização tributária para Unidades da Federação;
  • Impactos tributários da substituição da banda larga fixa e móvel;
  • Custos operacionais decorrentes da complexidade tributária;

A tomada de subsídio ocorre no contexto de um trabalho que já está sendo conduzido pelo Ministério da Economia com o suporte da consultoria Advisia e que visa analisar o contexto de desenvolvimento de estratégias para a racionalização dos tributos que incidem sobre o setor de telecomunicações, com foco na ampliação do acesso.

Em julho do ano passado o Ministério da Economia iniciou o processo de seleção da consultoria e já naquela ocasião manifestava preocupação com o modelo tributário do setor, que hoje é apontado como um dos principais entraves para a massificação da banda larga. Recente pesquisa TIC nos Domicílios também apontou que o custo é o principal obstáculo para o acesso daquelas pessoas que ainda estão desconectadas. A carga tributária supera 45% do custo final a depender da Unidade da Federação, e a UIT considera o Brasil o país com maior peso de impostos e taxas sobre o setor no Mundo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP RSS Plugin on WordPress
Sair da versão mobile