Telecom Italia anuncia saída de Flavio Cattaneo

A Telecom Italia anunciou nesta segunda-feira, 24, a saída do atual CEO, Flavio Cattaneo, em "acordo mútuo". A empresa ainda não divulgou nomes para seu substituto, mas o board de diretores já iniciou o plano para a sucessão do cargo, com apoio dos comitês de agendamento e remuneração. Uma reunião está marcada para a próxima quinta-feira, 27, para definir estas e outras resoluções.

Com o fim do contrato, Cattaeneo receberá um pagamento de 22,9 milhões de euros referentes a quantias devidas baseados no acordo com a companhia. Prevê ainda um futuro pagamento de 2,1 milhões de euros para um pacto com duração de um ano de não competição, não solicitação e não abordagem para os principais competidores da companhia na Itália e no Brasil. O executivo deixa a empresa, mas atualmente ainda conta com 1,5 milhão de ações ordinárias da Telecom Italia.

Em comunicado, a companhia, que controla a TIM Brasil, disse que o executivo completou a "grande e extraordinária reviravolta" do grupo italiano, levando resultados trimestrais positivos e reorganizando processos com foco em eficiência. Diz ainda que no período de um ano e quatro meses em que esteve à frente da empresa, conseguiu entregar aumento na base e nas receitas a níveis que não havia conseguido nos últimos dez anos. E que aumentou investimentos no núcleo dos negócios, resgatando a liderança da TIM na Itália em segmento móvel (em downloads) e cobrindo 70% do país europeu com fibra.

O executivo chegou ao cargo em março do ano passado, substituindo Marco Patuano. No comunicado, a Telecom Italia agradece Cattaneo, elogia sua gestão e afirma que agora embarcará na segunda fase do plano do ex-CEO para o mercado doméstico, sobretudo com o foco na fibra.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.