Accor fecha parceria com Ruckus Wireless e Embratel para Wi-Fi grátis

A rede de hotéis Accor fez um acordo com a Ruckus Wireless e a Embratel para atualizar a rede Wi-Fi em suas unidades na América Latina e transformá-la em um serviço gratuito. O grupo hoteleiro investiu mais de R$ 6 milhões no projeto, que já cobre 52% dos hotéis no Brasil (113 unidades).

A parceria prevê que a rede instalada tenha capacidade suficiente para os próximos cinco anos, e com o serviço grátis, o investimento terá um retorno em longo prazo ao aumentar a retenção dos hóspedes "Fizemos uma pesquisa e descobrimos que dois em cada três hóspedes não voltam ao hotel se ele tiver uma conexão ruim de Internet. A Internet representava 15% da nossa receita total, mas as pessoas são muito sensíveis ao pagamento desse serviço, tínhamos que converter para um modelo gratuito", diz a diretora de TI da Accor para a América Latina, Carla Milovanov.

A Ruckus Wireless forneceu a infraestrutura e os pontos de acesso nos hotéis para entregar conexão com velocidade de 100 Mbps e cobertura no lobby, apartamentos e restaurante das unidades. A infraestrutura implementada também pode ser usada como hotspots pelas operadoras. "O Wi-Fi é a forma mais democrática de acesso à Internet, e hoje é necessário ter uma rede diferenciada, uma rede e banda suficientes para suportar todos os dispositivos móveis, seja notebook, tablet ou smartphone, suportar vários usuários simultaneamente e também diversas aplicações", afirma o diretor regional da Ruckus Wireless, André Queiroz.

A parceria com a Embratel foi importante para o projeto. "O Brasil tem um problema sério na telefonia móvel, mas a Embratel conseguiu triplicar nossa banda passante em 90% dos hotéis em que a rede foi atualizada", diz Milovanov.

O plano da Accor é ampliar a cobertura gratuita no restante dos hotéis brasileiros, totalizando 215 unidades, até o final deste ano. A parceria com a Ruckus Wireless foi expandida para a matriz do grupo hoteleiro na França e está em desenvolvimento em outros lugares, como Europa e Ásia. A ideia é implementar um sistema de web check-in em 2014, para que o hóspede consiga realizar esse serviço de qualquer dispositivo e não precise passar pela recepção do hotel.

Copa do Mundo

Para 2014, as empresas pretendem expandir a cobertura Wi-Fi em estádios e aeroportos conveniados com a rede de hotéis nas cidades-sede da Copa do Mundo. A ideia é que os hóspedes possam se conectar na rede fora do hotel também. A Accor também está em conversa com a Claro e a TIM para o fornecimento de 3G e 4G nesses locais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.