Grupo Claro tem receitas de R$ 9 bilhões no Brasil no primeiro trimestre

O grupo Claro (Net, Embratel e Net) teve, no primeiro trimestre, aumento de 4,9% nas receitas em relação ao mesmo período do ano passado. A receita do grupo no país foi de R$ 9 bilhões, sendo quase R$ 6 bilhões em serviços fixos (banda larga, TV por assinatura, telefonia e serviços corporativos) e R$ 3 bilhões em serviços móveis. Os serviços móveis tiveram queda de 1,1% nas receitas do primeiro trimestre na comparação com o mesmo período de 2014. O EBITDA do grupo Claro no Brasil foi de R$ 2,3 bilhões no primeiro trimestre, um aumento de 4,1% na comparação anual. A margem EBITDA está em 25,8%, praticamente igual a 2014.

Chama a atenção a queda substancial nos minutos de uso da operação móvel. O MOU passou de 122 no primeiro trimestre de 2014 para 81 no primero trimestre deste ano, queda de 33,7%. Também caiu a receita média por usuário no segmento móvel, para R$ 13, contra R$ 15 no mesmo período do ano passado.

As receitas no Brasil estão, lentamente, se aproximando das receitas registradas pelo grupo América Móvil no México, seu maior mercado. Lá, a receita registrada no primeiro trimestre foi equivalente a R$ 12,7 bilhões, mas a tendência é de queda. Houve uma contração de quase 2% nas receitas no México, na comparação anual. Todos os mercados apresentaram queda para o grupo América Móvil em seu país de origem. A base de assinantes móveis praticamente se igualou entre Brasil e México no primeiro trimestre, chegando a cerca de 72 milhões de usuários em cada um dos países.
Ao todo, as receitas do grupo ficaram em equivalentes a R$ 42 bilhões no primeiro trimestre do ano, um aumento de 3,1% .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.