Carrier pode suportar endividamento sozinha, diz analista

Também para Victor Martins, do Banco Safra, as perspectivas da Embratel não são tão ruins. "A empresa pode suportar seu endividamento líquido de R$ 3,1 bilhões sem precisar da WorldCom", acredita ele. A expectativa baseia-se na suposição de que as provisões para devedores duvidosos (PDDs) comecem a cair este ano, aumentando assim as disponibilidades de caixa da empresa. Como os investimentos da Embratel também são declinantes, a necessidade de captação também cai nos próximos meses. "A empresa tem todas as condições de sobrevivência", conclui Martins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.