Primeira audiência desperta pouco interesse

Despertou pouco interesse da população em geral e das entidades da sociedade organizada de forma específica a primeira da série de audiências públicas que a Anatel está realizando em seis capitais para discutir as minutas de renovação das concessões de telefonia fixa. A audiência foi realizada em Belém/PA e coordenada pelo superintendente de serviços públicos da agência, Marcos Bafutto, e contou com a presença de pouco mais de 15 pessoas. Estiveram presentes entre outros, representantes do CREA (Conselho Regional de Arquitetura e Engenharia), Sindicato dos Empregados em Empresas de Telefonia do Pará, Embratel, Brasil Telecom e o deputado federal José Geraldo (PT/PA). Os questionamentos sobre o conteúdo dos contratos praticamente não existiram, sendo que os presentes aproveitaram a presença da Anatel para reclamar do fechamentos de postos telefônicos e da existência de orelhões inoperantes.
Também foram feitas reclamações do atendimento do call center da Telemar (localizado em Fortaleza) considerado pelos presentes como ?despersonalizado? em relação às necessidades da população paraense. A superintendência de serviços públicos considerou o conjunto das reclamações como ?questões de qualidade? a serem analisadas pela agência. A próxima audiência pública será realizada em São Paulo nesta quarta-feira, 26.

Críticas à Telemar

Notícias relacionadas

O deputado José Geraldo (PT/PA) reclamou durante a audiência pública da falta de atendimento pela Telemar das populações em áreas remotas de seu estado.
Segundo o parlamentar, a Telemar fechou 143 postos de atendimento em todo o estado, colocando apenas um telefone público no lugar: ?e estes telefones não funcionam na sua maioria?. Na sua opinião, uma empresa como a Telemar que não presta um serviço de qualidade não pode ter o seu contrato de concessão renovado pela União?.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.