PPPs levaram a aumento de velocidade da Internet na pandemia, diz Abrint

A Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) afirma que, durante a pandemia, o aumento do acesso à Internet nas velocidades acima de 34 Mbps cresceu em 20% entre os pequenos provedores. Segundo dados da Anatel, as responsáveis por garantir esse crescimento foram as Prestadoras de Telecomunicações de Pequeno Porte (PPPs), destaca a Abrint.

Outra informação da Abrint é que a demanda desses provedores regionais cresceu 47% no geral, no período de março a setembro de 2020, enquanto que o crescimento das grandes operadoras nesse mesmo período foi de 18%. Somente em setembro deste ano, comparado com o mesmo mês de 2019, informa a associação, os provedores regionais tiveram aumento de demanda em 144%, o que representa mais de 3,5 milhões de novos acessos. Já as grandes operadoras cresceram cerca de 39% no mesmo período. De acordo com a Anatel, mais de 60% do mercado de fibra ótica até os domicílios brasileiros vêm das PPPs.

2021 ainda terá mais

Notícias relacionadas

"A essencialidade da internet de banda larga ficou evidente no período de isolamento social e os provedores tiveram um protagonismo muito grande na expansão dos acessos de maior velocidade", explica Alessandra Lugato, diretora executiva da associação.

Na avaliação da associação que reúne os pequenos provedores, 2021 ainda será um ano impactado pela pandemia no sentido de haver uma grande demanda por conexões à internet de alta velocidade (acima de 34 Mbps). "Para agregar valor à prestação desse serviço e elevar a competividade os pequenos provedores devem trazer como tendência para os próximos anos o aumento da oferta de Serviços de Valor Adicionado (SVA), como armazenamento em nuvem, controle parental, antivírus, entre outros", diz a entidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.