Cai diferença de market share entre operadoras

Outubro foi o terceiro mês com maior número de habilitações do Serviço Móvel Pessoal (SMP) em 2007, com 1,9 milhão de assinantes. Agosto e maio, com 2,4 milhões e 2,2 milhões de novos usuários, respectivamente, registraram a primeira e a segunda colocação. O número de assinantes totalizou 114,6 milhões, um crescimento de 1,72% comparado a setembro. Do total de acessos, 92,1 milhões (80,35%) são pré-pagos, e 22,5 milhões (19,65%), pós-pagos, segundo informações da Anatel.
A Vivo lidera a participação no mercado mas vem perdendo market share: registrava 27,78% em setembro e caiu para 27,61% em outubro. Em agosto a participação foi de 27,81%. A TIM ampliou sua participação para 25,88% (era 25,87% em setembro) e mantém a segunda colocação. A Claro tinha 24,82% em setembro e alcançou 24,89% em outubro, seguida da Oi com 13,27% saindo de 13,21% no mês anterior. A Telemig Celular/Amazônia Celular, adquiridas pela Vivo, ampliaram participação saindo de 4,37% em setembro para 4,41% em outubro. A BrT GSM manteve os 3,57% registrados no mês anterior. A CTBC Telecom Celular reduziu a participação de 0,31% para 0,30%. A Sercomtel Celular manteve a participação de 0,07% registrado no mês anterior.
A tecnologia GSM continua em expansão e na liderança do mercado, com 86.608.846 acessos, ou 75,52% do total. A tecnologia CDMA tem 22.091.902 acessos (19,26%), e a TDMA, 5.966.154 (5,20%). A tecnologia analógica AMPS possui apenas 23.402 acessos (0,02% do total). Nos últimos 12 meses, o Brasil ganhou 18.048.505 novos assinantes com um crescimento de 18,68%.

Teledensidada

Maranhão (índice de 24,82) e Pará (índice de 38,46) lideraram o crescimento da teledensidade no mês com taxas de 3,27% e 2,64% respectivamente. Em terceiro, o Amapá (índice de 49,56) apresentou crescimento de 2,63%. No ano, Roraima (índice de 43,75) e Sergipe (índice de 55,31) lideram o ranking com taxas de crescimento de 23,06% e 21,40%, respectivamente. Em terceiro, aparece a Bahia (índice de 54,70), que registrou um crescimento de 21,39% no período. A Bahia lidera o ranking quando considerado o período de 12 meses. Essa unidade da federação registrou um crescimento de 27,38%, seguida por Sergipe (crescimento de 26,71%) e Paraíba (índice de 48,64 e crescimento de 26,41%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.