Level 3 testa microcabos óticos em São Paulo

A Level 3 anunciou nesta sexta, 23, a execução de implantação de microcabos óticos para testes em São Paulo, no bairro do Cambuci, na capital paulista. A ideia é avaliar os benefícios da tecnologia de microdutos de fibra ótica como alternativa "mais sustentável e prática", diminuindo impacto de obras de infraestrutura.

A companhia afirma que a construção das redes subterrâneas é mais simples, já que é necessário apenas corte de 30 cm de profundidade por 3 cm de largura, tornando a cobertura do asfalto e finalização da obra também mais rápida. Para realizar o microcorte, uma máquina especializada realiza a tarefa de maneira mais precisa e rápida, segundo a Level 3. A implantação pode acontecer sobre a infraestrutura já existente ou por meio de microcabos aéreos.

A obra foi realizada em duas etapas, com a abertura de uma calçada em uma noite e a inserção do duto e do microcabo (com a recomposição da via) na noite seguinte. A ação foi com apoio da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (TelComp), mas há operadoras e fabricantes envolvidas na certificação de qualidade e no desenvolvimento do produto. A tecnologia ainda precisa ser homologada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e pela Anatel.

Nessa implantação na capital paulista especificamente, a DitchWitch cedeu máquina de corte de via, a Furukawa fabricou cabos, a Duraline fabricou microduto, e a Ômega Construções realizou a instalação dos cabos e a recomposição da via. Na obra foi utilizado cabo tipo Mini RA de 12 fibras óticas instalados em um microduto Futurepath Flex.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.