Petrobras quer 5G em 29 plataformas de produção e avalia satélites LEO

Sede do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo A. Miguez de Mello (CENPES)

A Petrobras tem planos de conectar 29 plataformas de produção próprias com conectividade 5G até o ano de 2024, além de equipar 17 unidades em terra com o serviço.

O projeto é tido como a evolução da implementação (em andamento) de redes privativas no padrão LTE 4G pela estatal. Nas unidades em terra, o novo serviço 5G deverá abranger refinarias, unidades de tratamento de gás (UTGs), termelétricas, portos, armazéns, ambientes corporativos e o Centro de Pesquisas e Inovação (Cenpes). Já nas plataformas offshore, a Petrobras deve atender com 5G unidades móveis como sondas, unidades de manutenção e serviço (UMS) e embarcações de apoio.

Com a maior velocidade de transmissão de dados do padrão, a empresa espera impulsionar o uso da Internet das Coisas (IoT) em operações remotas e no monitoramento em tempo real em ambientes confinados, alavancando ainda recursos como realidade aumentada, mista, drones e robôs.

Notícias relacionadas

Fibra óptica

Para viabilizar a chegada do serviço 5G, a Petrobras também está instalando uma rede de fibra óptica de mais de 1.600 km de extensão nas bacias de Campos e Santos, anunciou a empresa.

A rede está sendo instalada a partir da cidade de Praia Grande, no litoral do estado de São Paulo. A previsão é que as obras do trecho óptico sejam concluídas até o fim de 2023.

Satélites

Em comunicado à imprensa, a estatal também sinalizou interesse no uso da conectividade de satélites de baixa órbita (LEO) de forma complementar ao 5G. A junção representaria oportunidade de US$ 70 bilhões na indústria de óleo e gás, segundo levantamento de consultoria citado pela Petrobras. Vale lembrar que a empresa já realizou testes com LEO, como revelado na última edição do Congresso Latinoamericano de Satélites.

O tema da integração das constelações LEO às redes de satélite tradicional, assim como o papel do satélite na ampliação do 5G, serão debatidos durante a edição deste ano do Congresso Latinoamericano de Satélites, que acontece dias 1 e 2 de setembro, presencialmente, no Rio de Janeiro. Mais informações sobre a programação do evento e condições de inscrição pelo site www.satelitesbrasil.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!